drawing with me: flowers

Desenhar no primário era algo tão divertido, e eu amava. Sempre gostei de desenhar e toda aquela composição dos lápis de cor, aquarelas de tintas e aqueles milhares de coisas que fazíamos quando mais novo. Com o passar do tempo fui perdendo o hábito e pratica de desenhar e colorir.

Confesso que não era um Monet, mas fazia alguns desenhos e trabalhos bem bacanas. Digno de elogios. Meados de Julho de 2017, comecei meu Bullet Journal e me rendi aos desenhos de flores. Não ficaram tão perfeitos e nem muito legal. Colori eles com Stabilo que não é algo recomendável. Me rendi as imagens que é algo que uso até hoje e não troco por nada, mesmo assim, via aquelas flores maravilhosas e ficava louco para começar a fazer as minhas. Passou um ano mais ou menos e finalmente eu me rendi aos famosos desenhos.

Normalmente, os desenhos pequenos, meio que um detalhe para enfeitar algo em seu planner ou Bullet Journal, são chamados de doodles. Algo pequeno, simples e muito fofo. Não precisa de prática, basta ter um pouco mais de cuidado com os detalhes e não forçar o lápis.

Comprei uma lapiseira nova, com a ponta 0.5(infelizmente não encontrei a 0.3) da Pentel para praticar melhor meus desenhos. Já faz um tempinho e já cansei de mostrar ela por aqui e lá no meu Instagram. Ela é ótima, a ponta é mega fina e me ajuda muito a diminuir a pressão que coloco na mão.

Começar a desenhar foi uma das coisas mais legais que eu já iniciei. Ressuscitei meus lápis de cor, perdidos na gaveta do desktop. Busquei inspirações no Pinterest e até criei uma pastinha por lá, cheia de flores no qual ando praticando e outras coisinhas. Ainda tem pouca coisa, mas com o tempo vou colocando mais inspirações por lá. Não apenas de flores.

Fazendo as flores

Para desenhar minhas flores, eu busco uma inspiração e presto bastante atenção nos detalhes para depois reproduzir o meu.

Pego lapiseira, borracha e minha caneta preta(uso a pigma Micron 0.2 da Sakura) para contornar as flores. Faço bem rascunho mesmo. Rabisco, contorno as imperfeições, tudo muito clarinho e nada forte. O segredo é usar a lapiseira ou lápis com muita leveza como se estive segurando uma pena. Ir fazendo traços pequenos, não compridos, apagando, refazendo, até ficar bonitinho. Depois é só passar a caneta preta, lembrando dos detalhes e se preferir, pinte-o.

Um dos motivos por estar treinando fazer flores, é que o próximo passo na área desenhos é comprar um caderno para fazer meu sketchbook. Algo que ando planejando, já que minha vontade é ter um caderno somente para isso e soltar todas as minhas ideias e aquilo que vier na cabeça para desenhar, é claro. Não que não vou me inspirar em outros desenhos, mas a ideia do sketchbook é como um diário repleto e interpretado por ‘’desenhos’’.

Gostaram? O post de hoje era pra compartilhar umas dicas sobre desenho e falar um pouco mais sobre o assunto.

Deixe seu e-mail ou siga o blog lá no widget da página principal para receber o conteúdo em primeira mão! Não se esqueça de me seguir no Instagram que é esse aqui AQUI

Até mais pessoal!

Anúncios

Como fazer títulos fáceis e bonitos | Planner e Bullet Journal

Quando eu decidi fazer o spread de fevereiro sozinho, sem inspiração alguma o mais difícil foi os títulos de cada página. Eu sempre achava um jeito de copiar qualquer lettering feito pelas gringas e dessa vez não. Foi daí que surgiu a brilhante ideia de compartilhar com vocês as dicas mais fáceis possíveis para fazer um título bonito no seu bujo ou no próprio planner.

O lettering que estou praticando em meu dia a dia, é minha letra mesmo de uma forma mais bonitinha. Procuro deixar ela mais deitada e fazer alguns detalhes mais fofos em algumas letras assim como o H, o M, N, E. Letras, que no próprio lettering requerem um pouco mais de ‘aperfeiçoamento’. Procuro escrever normalmente como se estivesse escrevendo com uma caneta normal, minha letra original e depois os detalhes.

Este tipo de letra não é bem original e nem criado por mim. Costumo ver muito ela no canal da Luana Carolina e ela sempre fala que é para dar um destaque. E realmente é mesmo. Uso ela para colocar títulos como nas página de habit tracker ou quando organizo minha semana no planner e quero destaque em algo importante.

O material que você precisa é muito simples, olha só:

  • Caneta pincel(utilizo da Tombow e Sakura) ou canetinhas com ponta chanfrada(uso da Staedtler ou marca-texto mesmo)
  • Caneta preta(gosto com as pontas 0.4. Uso a  Stabilo point 88 ou a Faber-castell fine pen)

Com a caneta pincel você vai escrever as palavras que quiser. Não escreva muito pequeno e nem muito grande. Precisa ser um tamanho bom! Com pouca força na mão e um pouco deitado escreva lembrando que algumas letras(pode ser a que você quiser) merecem mais destaques que as outras. Depois de ter escrito, venha com a caneta preta e contorne toda a palavra, lembrando dos detalhes por dentro de cada letra.

Voltando a falar sobre se inspirar nos lettering presentes no Pinterest, para falar que eu não usei nenhuma inspiração de lá. Usei 2. Uma para a capa e outra para o calendário mensal. É uma ótima substituição para quem não tem caneta pincel preta, assim como eu também não tenho. É só fazer o fake lettering, que vou explicar agora.

Para ter uma base para não errar direto, escreva a lápis depois de ter achado uma inspiração e desenhe. Logo depois passe à caneta preta por cima e toda letra que desce, faça uma sombra ao lado da letra e contorne. Muito simples! Eu adoro fazer este tipo de lettering também por ficar lindo.

Fique por dentro de tudo isso com mais frequência lá no meu Instagram que é esse AQUI!

 Gostaram? Me marquem lá no instagram se vocês gostaram das dicas e vou utilizar esses títulos que vou adorar ver! 

Até mais pessoal!

Decorando o desktop com guia de viagens

Eu já cansei de falar por aqui que nós blogueiros, estudantes, necessitamos de um cantinho para trabalhar ou estudar, só nosso, com nossas coisinhas.

Basicamente a um mês atrás eu decidi pintar meu quarto, pois já fazia um bom tempo que estava com alguns planos para mudar totalmente meu desktop. Eu adoro ter um cantinho para planejar e escrever meus posts no blog, sem contar que nas épocas de aula e semana de prova eu estudava na cama ou na mesa da cozinha por não ter espaço suficiente na minha mesa. E do que adianta ter uma mesa enorme se ela não tem espaço para estudar ou para escrever?

O primeiro passo para mudar a decoração de algum cantinho nosso é nos inspirar em outro cantinho. Eu entrei no Pinterest e acabei encontrando o desktop antigo da Melina Souza e foi nele quem me inspirei para a decoração do meu.

Antes de tudo eu tirei tudo da mesa, com a parede já pintada e prontinha para uso e limpei, tirei o pó e comecei a olhar pelas minhas coisas e na foto do cantinho da Mel e fui arrumando minhas coisas. Ficou lindo e eu adorei o resultado e estou muito empolgado usando ele. Vi a parede em branco e comecei a pensar no que eu poderia decorar ela e deixar ainda mais minha cara. Eu tinha vários guias de viagens e alguns cartões postais que meus primos e amigos me traziam do Estados unidos e alguns do Canadá e fui montando eles e vendo como ficaria.

Sem contar também que eu adoro calendários, e sempre que vou me organizar eu preciso ter um em vista e ficar olhando no celular, é chato! Fui no Pinterest e acabei encontrando um calendário lindo totalmente gratuito e disponível para download, é só clicar AQUI.

Para colar usei fita dupla-face, uma das coisas mais simples e que não estraga a parede, caso a gente queira mudar a decoração mais pra frente. Colar super bem e parece que foi grudado sem precisar de ajuda nenhuma, é incrível. No calendário usei fita dupla-face, mas coloquei 2 pedaços de washi-tape em cima e em baixo.

E o resultado final foi esse. Desktop, home office ou escrivaninha, seja lá como você goste de chamar seu cantinho para produzir conteúdos ou estudar, tem que ter a sua cara e o seu charme. Eu escolhi colocar guia de viagens e algumas fotos de alguns lugares que quero muito conhecer, porque sou apaixonado por viagens e é um modo de estar mais perto dos meus sonhos. Ainda falta alguns adesivos que estão pra chegar para colocar na parede, mas aí você acompanha lá no meu Instagram que é esse AQUI

Espero muito que tenham gostado! 

Até mais pessoal!

 

Itens para decorar seu Bullet Journal

Quando alguém começa um Bullet Journal, o primeiro passo é se inspirar em alguém ou correr para o Pinterest, como todo mundo faz. Chegamos lá e quebramos a cara, com tantas coisas lindas e inspiradora que vemos. Muita criatividade, diversas canetas coloridas, imagens que não sabemos aonde encontrar e ficamos, tipo: ‘como assim?’. E muitas vezes, por enxergamos muito a perfeição, acabamos desistindo e não fazendo o BuJo. 

Este post é ideal para você que está louco para ter uma base de COMO E COM O QUE decorar seu Bullet Journal. Separei alguns materiais baratos e que todo mundo tem em casa para decorar e deixa-lo ainda mais charmoso.

IMAGENS E ADESIVOS

O meu talendo para desenhos é péssimo. Graças a isso, usamos imagens de diversas plataformas como We Heart ItPinterest e Tumblr. Meu favorito é o We Heart It. Lá é onde eu encontro todas as fotos de uma forma mais clara e fácil. É só buscar por palavras chaves como merry christmas, ou coffe, books e por aí vai. Na foto acima eu estava planejando e decorando meu mês de Dezembro, por isso as fotos na pegada natalina. Lá foi onde encontrei todas. Não tem segredo, é só criar uma conta e prontinho. Você vai ter milhões e milhões de imagens para decorar seu Bullet Journal. Fica minha dica!

Adesivos que compramos em papelarias em geral, eu acho que combina com planners que já vem basicamente tudo pronto. Há um tempinho atrás eu estava lendo um post no blog da Mel e ela recomendou uma loja de adesivos chamada Spaces Between, onde encontrei adesivos lindos e aproveitei para comprar(uns deles são os que estão no cantinho da imagem a cima). Deu tempo de chegar no natal para colocar no BuJo e ficou lindo. Em breve vocês irão ver minha decoração aqui no blog.

POST-IT EM GERAL

Uma coisa que vale super a pena e são baratos, são post-it. Você encontra em todo lugar com diversas cores, tamanhos e modelos. Tenho vários e uso muito para personalizar meu BuJo. Adoro esses pequenos em tons pastéis. E se vocês repararem na foto vão notar 4 stick notes que me trouxeram da China. Um é de floresta, o outro de mármore branco e os outros 2 são uma mistura de nuvens coloridas. Cada pacotinho vem 50 post-its no tamanho mini.

CANETAS COLORIDAS

Acredito que caneta colorida é o primeiro passo para começar um Bullet Journal. Separei todas as minhas azuis, pois é minha cor favorita. Tenho diversas marcas que utilizamos para a decoração. A Tombow, é aquela que fazemos os famosos letterings para títulos bonitinhos e em destaques. Stabilos, marca-textos, canetinhas em geral é sempre muito bem-vindo.

ITENS EXTRAS QUE RECOMENDO 

  • Cola bastão e caneta corretiva da Faber-Castell. São meus favoritos e eu recomendo muito.
  • Lapiseira 0.5 e borracha da Pentel. Meus favoritos para fazer rascunhos e desenhar. Aproveitando o tópico, recomendo o grafite da Uniball também.
  • Wash tape e Deco rush. São ótimos para enfeitar e deixar ainda mais fofo. Os dois comprei na A.Craft.
  • Marcadores de páginas coloridos.
  • Esqueci de adicionar na foto, saco de pão e recortes de revistas. Fica muito legal e da um charme extra.

Gostaram? Deixem feedbacks!

Até mais pessoal!

for the day when your sleep inspiration

Olá pessoal!!

Praticamente todo mundo acha que nós blogueiros vivemos em um mundo na qual toda hora vem uma ideia em nossa cabeça para produzir nossos posts. Mas não é por aí não. Nós também precisamos de um tempinho para entrar no Pinterest e dar uma espiada no perfil de nossos colegas lá no Instagram.

Quem nunca tirou o dia de folga porque estava cansado e sem ideias para produzir um conteúdo legal em seu blog? São esses dias em que nossa inspiração e a mente cheia de ideias também tira um folga e aproveita para dormir, daí precisamos dar um empurrãozinho nela. Lendo revistas, praticando o Bullet Journal e assistindo filme.

Mas hoje, em especial para destaque, escolhi o livro da Nah Cardoso – A Vida Sem Filtros que ganhei das minhas amigas, e só de dar um folheada já podemos ver o quão lindo é este livro. Ele é realmente muito inspirador e achei um barato adicionar ele aqui no blog. Não vou fazer resenha nem nada, afinal nem li ainda. É apenas para estimular vocês a lerem e se inspirarem mais.

O livro é todo rosa em tons pasteis bem a cara da Nah mesmo. Ele é todo cheio de frases bem amorzinhos que confortam nossos corações e nos deixam muito mais felizes.

Sempre admirei muito o trabalho da Nah e se tem uma coisa que ela é, é fofa, simpática e encantadora. O livro não poderia deixar de ter todo esse amor que ela passa em seu público também. A Vida Sem Filtros, na minha opinião foi um título muito bem apropriado e se encaixou muito bem no que ela quis passar. Ele em si, já demonstra uma ótima forma de rever tudo aquilo que vivemos atrás do computador ou da telinha do celular. Por isso acho ótimo você, influenciador da internet que está passando por um momento nada agradável. Inspire-se e siga em frente!

Caso você busque o verdadeiro significado de inspiração você vai encontrar alguns exemplos de tudo que eu estou querendo passar aqui pra vocês, olha só:

Iluminação; ideia repentina e momentânea, normalmente genial.

Ação ou efeito de inspirar, de deixar passar o ar pelos pulmões.(eu amei essa!)

Algo ou alguém que inspira, que incita a capacidade de criação: ela era a musa e inspiração do poeta.

Viu só? Inspiração é algo maravilhoso, é algo que todos nós deveríamos ter. Não somente se inspirar em um ídolo ou na Nah Cardoso, isso é apenas um estímulo. Temos que se inspirar em nós mesmos. Precisamos fazer nossas vidas um lugar inspirador. Nós somos quem movemos nós mesmos. Os filmes, os blogs queridos que acompanhamos, o canal no YouTube, os livros é apenas um passo para nossa criatividade, inspiração.

E antes de encerrar o post, vou deixar essa linda imagem do meu Bullet Journal de Novembro para vocês se inspirarem também!

Gostaram? Deixem feedbacks!

Até mais pessoal! 🙂

Pequeno desabafo sobre o Instagram

Olá pessoal!!

Se tem um lugar que estou sempre presente na internet, além do meu blog, é no meu Instagram. Como sempre comento por aqui é minha rede social favorita. E eu adoro poder compartilhar um pedacinho do meu mundo, fazer a divulgação dos posts, adicionar stories do dia a dia e compartilhar as fotos que eu amo editar.

E de alguns tempo pra cá, eu venho um pouco desanimado e tenho diminuído a frequência de postagens, não pelo simples fato de não ter muitos seguidores e poucas curtidas. Claro que não. É pelo simples fato do aplicativo estar meio ”esculachando com minhas atividades”.

As atividades que me referi são os like que dou nas fotos, as pessoas que eu sigo, as pessoas que me seguem. Muitas publicações minha não vem aparecendo na timeline dos meus seguidores e por isso muitas vezes temos que entrar no perfil da pessoa e ver as postagens, simplesmente o Instagram mostra ”a que ele quer”. Percebi também que as ultimas pessoas que você segue, são as únicas que aparecem na sua TL(não todas, a maioria). Isso é um pouco frustante, concordam? Nós perdemos um pouco o desanimo, pois todo nosso trabalho está ali, nossas fotos e não postamos apenas para nós, e sim para nosso público, por mais que seja pouco.

Outra ponto que gostaria de comentar são as atualizações chatas que chegam praticamente todo dia dizendo que são para melhorar o app. Mas cadê a melhoria? Muitas das vezes as atualizações acabam deixando o aplicativo ainda pior e nem se quer conseguimos mexer. Nessa semana o Instagram liberou uma atualização, cuja qual recebia novos filtros no storie e algumas melhorias. Essa atualização chegou em celulares muito inferiores e lançados anos antes do meu(não desmerecendo os outros celulares, jamais) receberam essa atualização(o iPhone 5 do meu pai recebeu e nem se quer ele atualiza mais) e o meu não. Tudo bem que se pensarmos pelo lado que ele vai liberando aos poucos, tudo bem. Mas isso é errado, certo? Não seria os últimos Androides que deveriam receber e não os anteriores?

Muitos de vocês que podem estar lendo este post agora, podem estar dizendo ”aff! que frescura! vai reclamar de problemas de verdade e deixa de ficar reclamando que tá com menos like”. Se fosse por isso, o problema estava ótimo, existem tantos aplicativos para ganhar mais like e seguidores. Mas o problema que eu sinto e que me deixa frustado é pelo simples fato do Instagram não mostrar minhas fotos publicadas para todas as 800 pessoas que me seguem.

Por enquanto, eu não trabalho com isso. Mas, e as pessoas que dependem disso? Infelizmente, muitas marcas valorizam isso. As curtidas, a quantidade de seguidores, os comentários. E aí?

A Mel do Serendipity já comentou sobre isso e também reclamou. Parece ser uma futilidade da minha parte estar fazendo um desabafo sobre minha rede social favorita aqui no blog, mas eu preciso compartilhar e dizer tudo que anda acontecendo e como o app tem diminuído seu desempenho que era fantástico.

A algumas semanas atrás vi que meu feed estava todo desorganizado e sem criatividade por motivo. Eu perdi totalmente a vontade de postar e interagir no storie. Passou algumas horas e eu pensei, ”porque estou fazendo isso? eu amo meu instagram”. Procurei por modos de edição no Pinterest, abri o aplicativo UNUM e fui fazer minhas fotos.

Deixei um pouco os problemas do aplicativo de lado e fui ser feliz com ele do jeito que está mesmo. É triste ter que lidar com tudo isso, sim, muito. Mas não temos o que fazer, infelizmente 😦 .

Mas é isso pessoaol, me deixem feedback caso vocês estejam passando por algum problema com o Instagram!

Até mais pessoal! 🙂

 

Dicas para organizar seu MacBook e deixar a sua cara

Olá pessoal!!

Fazia um tempão que não ligava meu notebook(MacBook Air) porque prefiro o computador de mesa e vi que ele estava uma zona, real. Aplicativos baixados por toda área de trabalho, fotos, músicas, arquivos e isso me da nos nervos. Gosto de ver tudo organizado e em seu devido lugar.

Aproveitei para atualiza-lo para o macOS High Sierra(não sei é a ultima versão mas era a que tinha para atualizar) e já gostei do design. Veio com vários wallpapers super lindos de natureza, coisa que eu amo muito e aproveitei para dar uma organizada.

Como baixo muito filmes e séries pelo computador é necessário ter um reprodutor de vídeos muito bom e o QuickTime da Apple, não sei se é porque minha memória ram não é das melhores e mais novas, ele travava muito e resolvi procurar por um melhor. Acabei encontrando o VLC media player, que além de poder escolher o áudio, posso colocar arquivos de legenda baixados na internet, escolher a qualidade, gravar e fazer muitas outras coisas. Fica a dica!

Aproveitei para dar uma arrumada na minha ”mesa” que é aquela barra tradicional onde ficam os programas. Diminui o tamanho para não ficar aqueles ícones enormes, a fonte dos nomes e também o plano de fundo. Por mais que fiquei apaixonado pelos nativos da Apple, achar um a nossa cara, é demais.

olha esses aqui ó:

Lindos, né? É só buscar em sites como Tumblr, Pinterest ou We Heart It por mac wallpaper. 

Organizei também minhas fotos e músicas em pastas, arquivos para o blog e algumas outras coisas que não podem ir para a lixeira e ficam na nossa área de trabalho.

Procurei por vários vídeos no YouTube de como eles organizavam o Mac e deixar ainda mais a minha cara, sabe adicionar aquelas extensões bem bacanas tipo do relógio digital? Então, vou ensinar 2 que vocês vão amar.

Extensão Momentum

Essa extensão é mais para quem gosta de dar um toque no seu navegador, dar um motivada no dia com uma frase fofa e lembrar de uma tarefa importante.

Para ter ela você só vai precisar do navegador Google Chrome(ela só funciona com ele) e jogar na busca, ”momentum”, instalar, seguir as configurações e está pronto. Sempre que abrir uma nova aba no Google vai aparecer uma paisagem linda e uma frase inspiradora. Amo, uso e recomendo!

Extensão Fliqlo

Sabe aquele famoso relógio digital que sempre vemos na Internet? Vou te ensinar a adicionar ele no seu computador.

Você vai entrar no site http://fliqlo.com/  aí você desce e vai aparecer ”download for mac” ou ”download for windows”, escolhe tua plataforma, clica para fazer o download, quando terminar abra a pastinha e ela já vai direto para seu protetor de tela e é só você configurar ele. Gostou?

E aí, gostaram? Antes que me perguntem, basicamente todas as funções que escrevi servem também para Windows, mas lembram que fiz um parecido para meu Android? Acontece que não tenho nenhum iPhone disponível por aqui e achei bacana fazer um relato do meu Mac que estava parado a anos e compartilhar com vocês.

Até o próximo post! 🙂

final post blog