Disney de Orlando X Disney da Califórnia: qual a melhor?

Olá, pessoal! Sabem uma coisa que me deixa muito irritada? Quando eu digo que amo ir à Disney e alguém revira os olhos ou dá aquele suspiro desinteressado. Eu cresci vendo filmes da Disney (assisto até hoje, por sinal) e AMO parques temáticos. Vou confessar: tenho quase 30 anos, mas largaria qualquer coisa para viajar para lá agora mesmo (vocês também?).

Já fui para a Disney de Orlando cinco vezes. Na primeira, eu tinha 5 anos de idade e minha mãe diz que nunca vai esquecer dos meus olhinhos de criança brilhando quando eu vi o famoso Castelo da Cinderela pela primeira vez. É aquela coisa: a gente nunca cansa e fica viciada – eu já tenho pelo menos mais duas idas para Orlando planejadas para os próximos anos.

Sempre achei que nenhum outro lugar no mundo poderia ser tão incrível e tão divertido quanto os parques de Orlando. Mas aí, em 2015, fiz uma road trip pela Califórnia e, adivinhem só, incluí uma visitinha à Disney que fica lá. Sim, a Califórnia também tem uma Disney e eu amei. Fica então a dúvida: qual é a melhor?

Para responder, listei alguns tópicos. Vamos conhecer?

Tradição

Vocês sabiam que a Disneyland da Califórnia é a primeira Disney? Pois é, ela foi inaugurada em 1955 e contou com a participação ativa de Walt Disney em sua construção. É muito maravilhoso andar no parque e pensar: “O Walt Disney já pisou aqui”. Fora que é a Disney original, onde tudo começou, e muitos dos primeiros brinquedos estão lá até hoje. Em tempo: O parque Magic Kingdom, o mais famoso de Orlando, foi inaugurado em 1971, cinco anos depois da morte de Walt Disney.

Tradição

Tamanho

A Disney tem um verdadeiro complexo em Orlando: são quatro parques temáticos, dois parques aquáticos e um espaço enorme de compras e gastronomia chamado Disney Springs. Na Califórnia, são dois parques (Disneyland e California Adventure) que ficam um na frente do outro. No meio, temos um espaço de compras e gastronomia que é uma versão mini de Disney Springs, ainda chamada de Downtown Disney. Muita gente reclama da Disney da Califórnia, que realmente é BEM menor do que a de Orlando em termos de tamanho.

Brinquedos

Para mim, o quesito que talvez seja mais importante é a qualidade dos brinquedos dos parques. Como já fui muitas vezes para Orlando, meio que decorei como funcionam os brinquedos. Muitos também existem nos parques da Califórnia, mas foi uma surpresa descobrir que eles são melhores. Juro, eles duram mais, são mais bem acabados, o nível de adrenalina é maior. Fora que eu destaco pelo menos quatro que são maravilhosos e não têm em Orlando: o brinquedo sensacional do Indiana Jones, a roda gigante do mal do Mickey, a montanha-russa com looping e o brinquedo do filme Carros (uma versão mil vezes melhor do Test Track, que fica no Epcot).

Conforto

Quem já foi para a Disney ou entende bastante do assunto sabe que lá a gente anda MUITO. Como tudo em Orlando é gigantesco, você precisa andar do estacionamento à entrada do parque, nos próprios parques e por aí vai. Fora que os parques são longes uns dos outros e dos hotéis. Na Califórnia, é tudo pertinho. É como se os dois parques ocupassem um quarteirão, divididos pelo centrinho de compras. Os principais hotéis ficam bem na frente (meu quarto tinha vista para os brinquedos, era demais), então é só atravessar a rua e pronto, você chegou. Uma economia de transporte e de tempo. Ah, e mesmo que sejam menores, eu achei os dois parques da Califórnia bem completos.

Conforto

Infraestrutura

Orlando é a terra da magia e lá eles levam isso MUITO a sério. Existe todo um cuidado para fazer com que os visitantes se sintam transportados para um mundo paralelo da alegria e da diversão. Ou seja, você jamais vai ver um funcionário que interpreta um personagem da Disney sem a fantasia completa, não vai ver os bastidores (a menos que você pague um tour especial, que eu soube que também mostra tudo bem superficialmente). Na Califórnia, também existe esse cuidado, mas você encontra algumas “brechas”. Nós chegamos lá em um dia à tarde e só iríamos para os parques no dia seguinte, então eu quis dar uma volta em toda a parte externa do complexo. Vi uns portões com placas do tipo “proibida a entrada” e muitos funcionários entrando e saindo. Não estragou nem um pouco a magia, mas eu percebi a diferença.

Infraestrutura

Bom, levando em conta este post, a disputa está em 3×2 para a Disney da Califórnia. Eu realmente amei demais conhecer a Disneyland e quero voltar para lá. É uma Disney mais para adultos com brinquedos mais bem feitos e radicais. Do outro lado, a gente tem a Disney tradicional, com diversão de sobra para muitos e muitos dias de viagem.

Eu não consigo escolher um vencedor, então meu conselho é que você conheça as duas (e as demais né, já que a Disney também tem parques na Ásia e na Europa) e tire suas próprias conclusões. Para mim, é um empate muito gostoso!

Um beijo e até o próximo post!

 

Acesse também meu canal no YouTube clicando AQUI!

Anúncios

As 5 montanhas-russas mais radicais do mundo

Olá, pessoal! Quem olha para mim, nem imagina que eu sou uma das pessoas que mais ama montanha-russa no mundo. Juro! Às vezes, quando tenho tempo livre, fico fuçando no YouTube vídeos de montanhas-russas ao redor do mundo. Amo aquela sensação de frio na barriga ou os cabelos voando quando a gente vira de cabeça para baixo em um looping. Sou louca, né? Eu sei!

Como eu assisto a muitos vídeos de montanhas-russas, sei que existem as coisas mais doidas que vocês podem imaginar. Tem brinquedo com cinco parafusos na sequência, tem outros em que você vai em pé (fui em uma assim e a experiência não foi tão legal), tem mais uma leva em que o carrinho tem movimentos giratórios próprios ao longo do trajeto.

Enfim… dava para fazer uma lista enorme das atrações mais radicais do mundo, mas selecionei as que eu mais gostei de andar – e as que eu quero MUITO conhecer!

Kingda Ka

É simplesmente a montanha-russa mais alta do mundo, com 140 metros de altura (equivalente a um prédio com 56 andares). Além disso, é a segunda mais rápida do planeta e vai de 0 a 206 km/h em apenas alguns segundos. É tudo tão rápido que você corre, sobe, passa por um leve parafuso e pronto, acabou. A duração do trajeto é de 28 segundos, mas a sensação é maravilhosa. O mais legal de tudo? Fica no parque Six Flags Great Adventure, em New Jersey, e EU FUI! Era um dos meus sonhos e eu não me arrependo nem um pouco. Foi a montanha-russa mais incrível em que eu já andei!

Sheikra

Hoje em dia, é bem comum ver montanhas-russas com quedas com mais de 90 graus. Mas esta belezinha aqui, que fica no Busch Gardens, em Tampa (pertinho de Orlando), foi uma das pioneiras neste quesito e até hoje deixa todo mundo de queixo caído. Isso porque ela tem 61 metros de altura e duas quedas com 90 graus de inclinação, além de um looping vertical (que você quase nem sente) e uma parte em que passa por um corredor cheio de água. Minha dica: supere o medo inicial e vá porque ela não é tão assustadora assim. E pegue a fila maior para sentar na primeira fileira. Vale cada segundo!

Gravity Max

Imagine andar em uma montanha-russa e, de repente, não ter mais trilho? Isso é real e acontece com a Gravity Max, que fica em Taiwan. Você sobe normalmente até uma altura de 35 metros até que, sem mais nem menos, o trilho acaba. Se você já ficou animado só de ler isso, imagine que a emoção fica ainda melhor: um mecanismo é ativado e esta parte “solta” do trilho desce em 90 graus até se encaixar com o restante do trilho. Doido, né? E tem até um looping logo depois. Imagine só essa queda praticamente no ar? Sou doida para andar nela!

Gravity Max

Takabisha

Provavelmente, alguém já te marcou em um dos vários vídeos que mostram esta montanha-russa. Ela está com tudo mesmo e muito em parte da sua queda, que tem 121 graus de inclinação. Esse dado faz com que esta belezinha aqui, localizada no Japão, tenha o título de montanha-russa com a descida mais íngreme do mundo. Além disso, tem sete inversões ao longo do trajeto e velocidade de 100 km/h. Ir ao Japão sempre foi um sonho para mim e vocês já devem imaginar que este local será parada obrigatória do roteiro, né?

Formula Rossa

Você sabia que existe um parque temático da Ferrari? Fica em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, e tem, entre as atrações principais, a montanha-russa Formula Rossa. Olhando as fotos, você pode até achar normal, mas o objetivo é simular um carro de fórmula 1, então, ela atinge nada mais nada menos que 240 km/h em menos de 5 segundos. É a mais rápida do mundo e é tão veloz que você precisa usar óculos de proteção. Abu Dhabi fica longe, mas vale programar uma visita, nem que seja só para gente sentir o vento na cara, né?

BÔNUS

Revenge of the Mummy x Expedition Everest

Temos a montanha-russa mais alta do mundo, a mais íngreme e a mais veloz. Falta a melhor montanha-russa temática. E aí eu fico em dúvida sobre duas que eu andei e que ficam em Orlando. A Revenge of the Mummy fica no Universal Studios e é toda inspirada no filme A Múmia, com direito a passagens secretas, escaravelhos e os personagens da história. Do outro lado da briga, está a Expedition Everest, localizada no parque Animal Kingdom, da Disney, com um trajeto que simula uma expedição ao Everest. Tem uma parte em que o carrinho anda de costas que é sensacional e dá de cara com Yeti, o Abominável Homem das Neves. E aí, qual delas você escolhe?

Gostaram da minha lista de montanhas-russas imperdíveis?

Um beijo e até o próximo post!

Camilla(widget)

Acesse meu canal no YouTube!

5 atrações imperdíveis da Filadélfia

Olá, pessoal! Quem me conhece sabe que eu tenho o sonho de conhecer todos (ou pelo menos o máximo possível) os estados norte-americanos. Sou completamente apaixonada pelos Estados Unidos e tenho um mapa enorme do país na bancada onde deixo meu computador. Assim, enquanto trabalho, fico traçando as rotas das minhas próximas viagens. Ah, claro que eu faço questão de marcar os estados que eu já conheci (até agora, foram 5 em um total de 50).

Em 2016, fui à Nova York e aproveitei para fazer um roteiro diferente do que a maioria das pessoas faz. Vejam bem, era a minha terceira vez na Big Apple e eu nunca me canso de ir lá, mas, desta vez, nós fugimos dos tradicionais museus e passeios turísticos e resolvemos ter uma experiência mais próxima dos moradores que vivem lá.

Nós ficamos cinco dias em NY e, de lá, seguimos para New Jersey, um estado que fica bem coladinho. Chegando lá, percebemos que não teríamos tanta coisa assim para fazer em mais cinco dias e resolvemos colocar em prática nossa missão de desbravar mais um estado. Ficamos em dúvida entre Washington D.C. (que fica em Maryland) e Filadélfia, na Pensilvânia, mas acabamos optando pela segunda opção por ser mais próximo.

Acabou sendo uma ótima oportunidade porque a cidade era bem pertinho mesmo, deu praticamente duas horas (talvez nem isso) de viagem de carro e fizemos bastante coisa, olha só:

Museu de Arte da Filadélfia

Philly, como a cidade é carinhosamente conhecida, me lembrou muito São Paulo. Tem uma parte mais antiga e histórica, mas também tem bastante verde e – o mais legal – muitos cachorros passeando com seus donos. Nossa primeira parada foi justamente em um ponto bastante arborizado, que é onde fica o Museu de Arte local. A construção é muito linda, cheia de estátuas e tem bastante coisa para ver lá. Nós ficamos apenas na entrada e visitamos a lojinha, que tem produtos incríveis.

Exibindo Museu de arte Filadélfia.jpg

Rocky Balboa

A capital da Pensilvânia tem um gostinho especial para os fãs do Rocky Balboa. Isso porque, no filme, o protagonista treina em uma cena clássica subindo e descendo as escadas do… Museu de Arte da Filadélfia. Pois é, em um único lugar dá para fazer várias coisas. Não tem como ir para lá e não fazer uma foto – ou até um boomerang – na famosa escadaria. Logo ao lado, tem uma estátua em homenagem ao personagem. Parada obrigatória até para quem não viu o filme, ok?

Exibindo Filadélfia - escadaria Rocky Balboa.jpg

Love Park

Você já deve ter visto alguma foto da famosa escultura com a palavra “Love” com letras vermelhas e o “o” tortinho, certo? Bom, existe uma dessas em Nova York, mas pouca gente sabe que também tem uma versão em Philly em um parque chamado Love Park. Por que visitar? Porque é um dos símbolos da cidade e não tem tanta fila como em NY. Fora que essa escultura é tão fofa que eu aproveitei para comprar um chaveiro e um ímã de geladeira com esse tema.

Exibindo Love Park.jpg

City Hall

Você sabia que a Filadélfia foi a primeira capital dos Estados Unidos? Por isso, a maioria dos passeios por lá são históricos, o que é um prato cheio para quem gosta da cultura do país como eu. Aproveite para passear pela Câmara Municipal (chamada de City Hall). A construção é linda, toda imponente, e ainda dá para pagar, subir na torre e ter uma vista em 360 graus da cidade.

Exibindo City Hall.jpg

Liberty Bell

Outra parada obrigatória para qualquer pessoa que vá até a Filadélfia é conhecer o famoso sino da liberdade. Ele foi usado em momentos decisivos da história do país, como na declaração de independência do país, e virou símbolo do movimento abolicionista e da Revolução Americana. O tour de visitação é rapidinho, mas inclui algumas fotos e dados históricos até chegar de fato ao sino. Na frente dele, fica outra construção muito legal com outras curiosidades do país, com programação que inclui até filmes.

Visiting-LBC-960-X-480_1

Como falei para vocês, fiquei apenas algumas horas na Filadélfia e usamos o carro apenas para ir do Museu de Arte até o Love Park. O resto fizemos a pé e é muito gostoso andar por lá. Não é um destino com muitas atrações, especialmente se você tem crianças, mas é muito legal para conhecer mais sobre a história dos Estados Unidos. Se você curte esse tipo de programa, vai amar a simpática capital da Pensilvânia.

Um beijo e até o próximo post!

Camilla(widget)

Visite meu canal no YouTube clicando AQUI

A vida de um Pointer Alemão na fazenda

Olá pessoal!!

Quem acompanha o blog a um tempinho sabe que sou apaixonado por cães e tenho vários aqui em casa. Resolvi trazer um pouco mais da raça Braco Alemão de pelo curto mais conhecido como Pointer Alemão que é uma das raças que eu tenho aqui em casa.

amores da minha vida! 💕🐶 #amorverdadeiro #dalmatian #pointeraleman #americanfoxhound #dogs #foxhound

A post shared by Leonardo Scarabel (@quartoamericanoblog) on

Vamos saber um pouco mais sobre a raça?

Braco Alemão Pelo Curto é um cão muito apreciado pelos caçadores. De grande inteligência e com um olfato fora de série, esse corredor incansável realiza seu trabalho de rastreio e recuperação de animais com perfeição, tanto presas a pé quanto voadoras, seja na água ou na terra.

 Origem

Os ancestrais do Braco Alemão Pelo Curto provêm dos cães que, no século XVI, eram usados pelos alemães para as exposições. Até o século XIX, a caça era apenas um esporte da elite, e os pequenos proprietários rurais, que não podiam manter grandes canis, se encarregaram de desenvolver um cão multivalente. Através do cruzamento de vários cães de mostra e farejadores nasceu o Braco Alemão Pelo Curto, capaz de rastrear, mostrar e capturar a caça tanto na terra quanto na água.

Com sangue de raças de cães de caça muito conhecidos na época, como o Foxhound Inglês e o Old Spanish Pointer, o Braco Alemão Pelo Curto possui todas as qualidades que um caçador alemão poderia querer: mostrar, recuperar e rastrear as suas presas tanto na água quanto na terra. Com o seu olfato apurado, sua inteligência confiável e uma personalidade fácil de lidar, o Braco Alemão Pelo Curto é o cão ideial para esportistas casuais que querem uma companhia que se oriente pela família, também.

Eventualmente, criadores alemães adicionaram o Pointer Inglês à mistura, dando à raça uma forma bela e suave.

Características da raça

O Braco Alemão Pelo Curto é um cão com um porte aristocrata e harmonioso, com uma constituição forte, resistente e rápida. Por seu temperamento calmo e amigável, é uma boa companhia para a família nos momentos fora da caçada, se relacionando bem tanto com as crianças quanto com os outros mascotes da casa.

A pele bem justa, os músculos fortes e a postura orgulhosa e suave do Braco Alemão Pelo Curto aumentam seu ar de nobreza, principalmente por não ser um cão que demonstre timidez ou agressividade.

Por terem uma personalidade que tende a querer agradar, esses cães são fáceis de ser adestrados se o dono for firme, já que às vezes eles podem ser obstinados.

Com o treinamento correto podem aprender com considerada facilidade comandos difíceis, principalmente se for proporcionado para o cachorro exercícios suficientes para manter seu corpo e mente saudáveis, já que tendem ao sobrepeso se não se exercitarem regularmente.

(Fonte CachorroGato)

Aqui em casa temos a Amora, um Braco fêmea de 1 ano e 8 meses. Há uns 10 anos atrás meus pais criavam Pointers Inglês, o Nick e a Nina que acabaram dando 8 filhotes muito fofos que eu lembro bem pouco. Lembro de um filhote que foi para uma fazenda próxima da onde eu moro o Ito, que ficou muito lindo e deixou um filho nesta fazenda, o Itinho, que está lá até hoje.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

(Ito, em 2007 na Fazenda Itaema)

*~ ♥ ~*

”Me chamo Amora, tenho 1 ano e 8 meses. Faço aniversário dia 10 de novembro. Cheguei em minha nova casa em Dezembro de 2015 e já arrumei 2 novas parceiras de canil, a Jade uma dálmata muito carinhosa e a Missy, um foxhound americano muito querido. Gosto de comer muitos biscoitos, fazer muita arte, correr, subir em árvores e correr atrás de gansos e pavões. Adoro morar na fazenda, acordar e ver verde por todo lado. Sou uma cachorrinha muito alegre, carinhosa e adoro pular nas pessoas. Lambeijos para todo mundo!”

-Amora

Bom dia com a cachorra mais arteira do mundo, bebezão! ❤️ . . . . #amora #pointerdogs #1ano #pointeraleman #loveyou #dogs #baby

A post shared by Leonardo Scarabel (@quartoamericanoblog) on

Gostaram do depoimento da minha cachorrinha? Eu espero que sim! Me contem aqui nos comentários a vida do seu cãozinho…

Até o próximo post! 🙂

final post blog

my morning routine(saturday)

Olá pessoal!!

Quando pensei em fazer esse post, o primeiro dia que passou pela minha cabeça com certeza foi sábado, afinal, segunda a sexta de manhã é um caos por aqui, rs.

Sábado na maioria das vezes amanhece com um sol super gostoso, um céu azul e tem aquele café preto quentinho e delicioso esperando a gente, não é? É meu deu favorito na semana e o dia em que eu mais aproveito cada segundo das coisas e também é ótimo para gente tirar o atraso do dia a dia corrido.

Agora vamos parar de enrolação e direto pra minha rotina da manhã! 🙂

Imagem de coffee, hello, and white

Quando acordo

Sei que é o dia em que a gente pode acordar 12:00, mas deixo esse dia pro domingo. Nos sábados procuro acordar 8:30 ou até umas 9:15 e pego meu celular para dar aquela atualizada nas redes sociais. Levanto, vou ao banheiro fazer todas aquelas coisas que fazemos de manhã, me troco e vou ver como o dia está.

Depois que acordo realmente

Sento na mesa e preparo meu ”breakfast”. Procuro me alimentar muito bem aos sábados. Suco, café, iogurte e granola, 2 pãozinhos com frios e alguma fruta. Depois de ter me alimentando sempre deixo o café preto pro final e levo para a varanda junto com minha playlist lá no Spotify e ficar curtindo a manhã e tomando um pouco de vitamina D.

Depois do café

Depois de ter feito tudo aquilo ali em cima levo meus filhos(cães) para dar uma volta e fazer minha caminhada de todo sábado. É tão gostoso fazer uma caminhada aos sábados, super recomendo, rs.

Depois da caminhada com o pet

Também aproveito os sábados para colocar minhas séries em dias, principalmente Gilmore Girls que já virou rotina assistir todo sábado de manhã e é muito, muito bom assistir GG aos sábados.

E é só isso que acontece nas minhas manhãs de sábado mesmo, rs!

Até o próximo post! 🙂

final post blog

Coisas para fazer no Starbucks

Olá pessoal!!

Sabe uma coisa que está sumido aqui no blog? Starbucks, isso mesmo, minha rede de café favorita do mundo todo. Resolvi trazer pra vocês 5 coisas que costumo fazer sempre que passo por lá, vamos nessa?

Pegar um café e um muffin

Obviamente se você vai até o Starbucks é para tomar um café e esquecer da vida, rs. Já virou hábito tomar meu queridinho café Mocha e comer um muffin de chocolate. Fala sério, não existe coisa melhor ♥. Agora me conta aí, qual suas ”tradições” no Starbucks?

Imagem de coffee, drink, and starbucks

Ler um livro

Pedir um café e um bom livro, sentado no Starbucks, é bom demais. Apesar de lá estar sempre cheio e toda aquela falação é um pouco ruim, concordam? Mas procure ficar de olho no horário em que quase ninguém vai e aproveite para fazer algumas fotos, rs.

Imagem de study, book, and coffee

Chamar um amigo para tomar café

Tomar café e jogar conversa fora, é ótimo! Reúna os colegas, os amigos, monte uma mesa de trabalho escolar ou simplesmente marque um reunião de bloggers no Starbucks. É muito gostoso e depois me conta como foi.

Imagem de paris, raining, and starbucks

Organizar o planner ou Bullet Journal

Ás vezes cansa ficar sentado e organizando ou planejando a semana no nosso home office. Eu por exemplo passo grande parte do meu dia a dia nele e sair para fazer tudo isso em outro lugar chega a ser bem divertido, sem contar que tem café quentinho esperando a gente.

Imagem de study, school, and starbucks

E aí, gostaram? Eu espero que sim!

Até o próximo post! 🙂

final post blog

Wishlist de livros e canecas

Olá pessoal!!

Consumistas de platão, cadê vocês? Hoje eu vou trazer uma lista de desejos com coisinhas que amamos, livros e canecas.

Eu tenho uma pequena coleção de canecas aqui em casa e faz muito tempo que não compro nenhuma e livros então, nem se fala. Comecei meu vício por livros e já estou querendo vários e pedindo de aniversario pra todo mundo, rs.

Vamos nessa?

Imagem de book, coffee, and autumn

1. Livro: O Casal que Mora Ao Lado – Shari Lapena(Saraiva)

Imagem relacionada

Caneca: Expresso Patronum(Geek10)

2. Livro: Em Águas Sombrias – Paula Hawkins(Saraiva)

Imagem relacionada

Caneca: Gilmore Girls(Café Nerd)

3. Três Coroas Negras – Kendare Blake(Saraiva)

Imagem relacionada

Caneca: Live Unicórnio(Dafiti)

Caneca Live Unicórnio Branco - Marca Live

4. Quatro Estações – Stephen King(Saraiva)

Resultado de imagem para quatro estações stephen king

Caneca: Letra L(Imaginarium)

Resultado de imagem para caneca letra L imaginarium

Gostaram da minha lista? Eu espero que sim! 🙂

final post blog