Pequeno desabafo sobre o Instagram

Olá pessoal!!

Se tem um lugar que estou sempre presente na internet, além do meu blog, é no meu Instagram. Como sempre comento por aqui é minha rede social favorita. E eu adoro poder compartilhar um pedacinho do meu mundo, fazer a divulgação dos posts, adicionar stories do dia a dia e compartilhar as fotos que eu amo editar.

E de alguns tempo pra cá, eu venho um pouco desanimado e tenho diminuído a frequência de postagens, não pelo simples fato de não ter muitos seguidores e poucas curtidas. Claro que não. É pelo simples fato do aplicativo estar meio ”esculachando com minhas atividades”.

As atividades que me referi são os like que dou nas fotos, as pessoas que eu sigo, as pessoas que me seguem. Muitas publicações minha não vem aparecendo na timeline dos meus seguidores e por isso muitas vezes temos que entrar no perfil da pessoa e ver as postagens, simplesmente o Instagram mostra ”a que ele quer”. Percebi também que as ultimas pessoas que você segue, são as únicas que aparecem na sua TL(não todas, a maioria). Isso é um pouco frustante, concordam? Nós perdemos um pouco o desanimo, pois todo nosso trabalho está ali, nossas fotos e não postamos apenas para nós, e sim para nosso público, por mais que seja pouco.

Outra ponto que gostaria de comentar são as atualizações chatas que chegam praticamente todo dia dizendo que são para melhorar o app. Mas cadê a melhoria? Muitas das vezes as atualizações acabam deixando o aplicativo ainda pior e nem se quer conseguimos mexer. Nessa semana o Instagram liberou uma atualização, cuja qual recebia novos filtros no storie e algumas melhorias. Essa atualização chegou em celulares muito inferiores e lançados anos antes do meu(não desmerecendo os outros celulares, jamais) receberam essa atualização(o iPhone 5 do meu pai recebeu e nem se quer ele atualiza mais) e o meu não. Tudo bem que se pensarmos pelo lado que ele vai liberando aos poucos, tudo bem. Mas isso é errado, certo? Não seria os últimos Androides que deveriam receber e não os anteriores?

Muitos de vocês que podem estar lendo este post agora, podem estar dizendo ”aff! que frescura! vai reclamar de problemas de verdade e deixa de ficar reclamando que tá com menos like”. Se fosse por isso, o problema estava ótimo, existem tantos aplicativos para ganhar mais like e seguidores. Mas o problema que eu sinto e que me deixa frustado é pelo simples fato do Instagram não mostrar minhas fotos publicadas para todas as 800 pessoas que me seguem.

Por enquanto, eu não trabalho com isso. Mas, e as pessoas que dependem disso? Infelizmente, muitas marcas valorizam isso. As curtidas, a quantidade de seguidores, os comentários. E aí?

A Mel do Serendipity já comentou sobre isso e também reclamou. Parece ser uma futilidade da minha parte estar fazendo um desabafo sobre minha rede social favorita aqui no blog, mas eu preciso compartilhar e dizer tudo que anda acontecendo e como o app tem diminuído seu desempenho que era fantástico.

A algumas semanas atrás vi que meu feed estava todo desorganizado e sem criatividade por motivo. Eu perdi totalmente a vontade de postar e interagir no storie. Passou algumas horas e eu pensei, ”porque estou fazendo isso? eu amo meu instagram”. Procurei por modos de edição no Pinterest, abri o aplicativo UNUM e fui fazer minhas fotos.

Deixei um pouco os problemas do aplicativo de lado e fui ser feliz com ele do jeito que está mesmo. É triste ter que lidar com tudo isso, sim, muito. Mas não temos o que fazer, infelizmente 😦 .

Mas é isso pessoaol, me deixem feedback caso vocês estejam passando por algum problema com o Instagram!

Até mais pessoal! 🙂

 

Anúncios

Meu Dia das Bruxas!

Olá pessoal!!

Quem aí também é apaixonado pelo dia das bruxas? Eu amo de paixão e sempre procuro aproveitar o dia sozinho mesmo, mas da melhor maneira.

Sou suspeito para falar de coisas mal assombradas, filmes de terror, doces deliciosos e outras coisinhas fantásticas e bem a cara do Halloween. Desde pequeno gosto de comemorar, nunca fui em muitas festas do Dia das Bruxas e nem sair por aí pedindo ”doces ou travessuras”, afinal, aqui no Brasil não aproveitamos nada desse dia maravilhoso. Mas porque nós, do nosso jeitinho, não aproveitarmos esse dia?

Imagem de autumn, fall, and polaroid

A primeira coisa que você precisa fazer para comemorar o Halloween na sua casa, é: decidir o que você gosta e o quer fazer no dia, pois a diversas opções de coisas divertidas e assombradas para fazer, por exemplo, acender uma vela dentro de uma abóbora. Sabemos que encontrar uma abóbora como nos EUA aqui no Brasil, é quase impossível, mas pegar uma miniatura ou aqueles próprio Jack-o’-lantern de plástico que encontramos em todo lugar e fazer de castiçal pode ser algo bem divertido – e o primeiro lugar para deixar sua cama/estante/mesa, a cara do Halloween.

O meu dia das bruxas será assim: Filmes, leitura, doces e meu Jack-o’-lantern aceso o tempo todo, é uma tradição já! Você pode separar coisas que você gosta e voltadas para o tema terror, por exemplo os filmes e o livro. Os doces tendem a ser com a embalagem laranja, roxa e preto(pirulitos, balas, chocolates e muitas coisas deliciosas).

Imagem de autumn, cupcake, and Halloween

Para os doces, você pode comprar Reese’s, aquele chocolate maravilhoso da Hersheys’s, que encontramos com a embalagem laranja, bem a cara do Halloween. Não precisamos de mais nada, só esse chocolate basta, só uns pirulitos, balinhas e chicletes, ótimo.

Imagem de candy, Halloween, and chocolate

Para filmes, 4 são tradições assistir no dia das Bruxas, dentre eles: Abracadabra, Halloween – A Noite do Terror, O Estranho Mundo de Jack e A Família Addams. São meus favoritos e eu sempre assisto, então vai minha dica para filmes aqui no dia das Bruxas. Já estão com lugar marcado para terça-feira aqui na minha agenda!

Para livro eu escolhi um que já tenho namorado a um bom tempo no blog da Melina SouzaSerendipity. O livro chama Horrorstör do Grady Hendrix. Comprei pelo iBooks mesmo para ler no iPad, e ele parece ser muito ótimo.

autumn

Antes de encerrar o post, achei um texto em inglês(caso não entenda, é só jogar no tradutor) a cara desse post lindo!

The smell of Apple Cider 
Watching the steam rise from a hot cup of tea 
The smell of fresh coffee in the morning 
Eating Pie 
Watching Harry Potter while drinking hot chocolate 
The Pillsbury Pumpkin shaped sugar cookies 
The pumpkin shaped reeses.. mmm 
Oversized, warm, comfy sweaters 
Cool weather 
Cold, rainy days 
Beautiful colored leaves 
Reading while covered in fluffy blankets 
Breathing in the cool, fall air 
Burning candles 
Pumpkin flavored everything 
Foggy mornings 
The smell of cinnamon 
Thunderstorms 
Halloween 
The cool breeze 
Everything

Imagem de Halloween, autumn, and fall

Gostaram? Eu espero que sim!

Até mais!

final post blog

LIVRO: A Semente do Diabo, Ira Levin

Olá pessoal!!

Ler um livro bem velho, folhas amarelas, capa meio rasgada e sentir aquele cheirinho delicioso de livro antigo com um chá de framboesa, não tem preço!

Hoje vamos falar sobre o livro que inspirou o filme O Bebê de Rosamary lá de 1968 que também é um clássico dos filmes de terror, já viram?

Resultado de imagem para a semente do diabo ira levin Sinopse: Rosemary, uma jovem recém casada com Guy Woodhouse, procura com o marido uma casa para começarem a sua vida de casal. Um dia, encontram o apartamento dos seus sonhos e depressa mudam-se para lá. Numa questão de tempo o casal instala-se, Guy avança com a sua carreira de ator e Rosemary engravida como eles desejavam.

Porém as coisas mudam quando o casal de vizinhos idosos começa a intrometer-se estranhamente na sua vida e a dar sugestões sobre a gravidez da jovem. Pouco a pouco Rosemary perde o controlo da situação e quando se tenta soltar já é tarde demais: ela e o seu filho são vítimas de um culto ao diabo que tenciona fazer daquela criança o filho das trevas.

*minha opinião*

Eu achei o livro perturbador, mas é desse jeito que eu gosto. Cada fala, cada personagem, é tudo muito assustador mas é uma leitura que fiz em 1 semana, acreditam? Fiquei tão entretido no livro que mesmo com o retorno das aulas eu consegui ler tudinho e sério, é muito, muito bom! É um suspense/terror fantástico, mas aqui vai um recadinho; não curti livros de terror então nem leia porque esse aqui vai te deixar de cabelos em pé, rs.

 “A semente do mal tem origem no egoísmo, que leva as pessoas a quererem tudo para si, não se importando com o sofrimento e o prejuízo que possam causar ao próximo.”

-Meishu Sama

ps: A Semente do Diabo é a primeira versão agora vocês encontram com o título O Bebê de Rosemary mas é só o título que muda mesmo, rs…

*informações extras*

Ano de lançamento: 1967

Páginas: 206

Editora: Civilização Brasileira

Até o próximo post! 🙂

final post blog

Reviva a magia dos clássicos Disney

Olá pessoal!!

Se alguém algum dia me perguntar meu verdadeiro amor, eu responderei a Disney, afinal, que outra coisa melhor eu poderia escolher? Eu cresci vendo, assistindo e ouvindo os clássicos da Disney. Eles sempre foram meu favoritos e não adianta mudar minha opinião. Eu lembro de antes dos filmes começarem as fitas VHS tinham um trailer onde mostravam o Epcot, Disney’s Animal Kingdom e Magic Kingdom para você visitar e até hoje é meu grande e verdadeiro sonho!

Pra quem não sabe eu comecei um bullet journal e é realmente algo muito gostoso pra você fazer. Estava lá passeando pelo Pinterest e buscando idéias e vi uma pagina com vários filmes da Disney e sempre que assistir algum é só marcar como um check, bem bacana né?

My Bullet Journal's Disney watch list❤

Eu vi a ideia e fui correndo fazer essa pagina em meu bujo, separei 20 clássicos pra mim ir assistindo até o final do ano e depois eu faço outra lista de filmes, olha só:

  • O Rei Leão
  • A Bela e a Fera
  • Pinóquio
  • Cinderela
  • 101 Dálmatas
  • Peter Pan
  • Branca de Neve e os 7 Anões
  • A Dama e o Vagabundo
  • Tarzan
  • A Pequena Sereia
  • Dumbo
  • Aladdin
  • Alice no País das Maravilhas
  • Bernardo e Bianca
  • A Bela Adormecida
  • Bambi
  • Mogli, o Menino Lobo
  • Pocahontas
  • A Espara era a Lei
  • Robin Hood

Dessa lista até agora só vi 2 que foram Pinóquio e Peter Pan, mas até o fim do ano eu quero ver essa lista cheia. ♥

Para criar essa página no seu bullet journal ou em qualquer outro lugar eu te recomendo essa playlist maravilhosa lá no Spotify!

Até o próximo post! 🙂

final post blog

7 programas clássicos dos anos 90

Olá, pessoal! Não sei vocês, mas eu estou amando essa tendência dos anos 90. Sou suspeita porque nasci em 1988, então vivi toda a minha infância nessa década. Tenho lembranças muito boas daquela época, mas tem algo em especial que me deixa morrendo de saudade: os programas de TV.

Pensem bem, a gente não tinha internet (ela surgiu mais para os últimos anos), celular era aquele tijolão, computador estava começando a ficar popular, então nossa diversão era mesmo a televisão. Preparei uma lista com algumas das atrações imperdíveis para você matar a saudade ou imaginar como deve ter sido.

Castelo Rá-Tim-Bum

Lembro direitinho do dia que esse programa estreou na TV Cultura. Era 1994, tinha seis anos, e só queria estar em casa a tempo de assistir. A história falava sobre três crianças (Biba, Pedro e Zequinha) que acabavam parando em um castelo e faziam amizade com os moradores de lá, incluindo o jovem bruxo Nino, seus tios (Morgana e Victor), a cobra Celeste, o ET Etevaldo, o monstrinho Mau e tantos outros personagens inesquecíveis.

O programa foi ao ar com episódios inéditos até 1997, mas ainda dá para ver algumas reprises no mesmo canal. Aqui em São Paulo, está rolando uma nova edição da exposição que recria alguns dos ambientes do castelo. Vale muito a pena!

castelo-ra-tim-bum

Planeta Xuxa

“Planeta Xuxa, uou uou uou uou Xuxa!”. Só falar nesse programa que eu já lembro da música-tema. Nos anos 90, a Xuxa tinha outro programa na Globo, o Xuxa Park, mas a gente amou quando o Planeta Xuxa estreou, em 1997, porque era mais voltado para adolescentes e eu, no alto dos meus nove anos, achava o máximo ver algo de “gente grande”.

O programa era exibido nas tardes de sábado, depois passou para as tardes de domingo, e tinha quadros que marcaram época, como o Transformação, em que uma menina da plateia era escolhida para mudar a cor ou o corte de cabelo, e o Intimidade, com perguntas bem indiscretas da Xuxa para seus convidados. O programa chegou a ser reprisado pelo canal Viva, mas dá para conferir alguns trechos no YouTube. Dá para ver várias das tendências que eram moda na época e que hoje voltaram a fazer sucesso. Foi um grande sucesso e saiu do ar em 2002.

planeta xuxa rede globo

Fantasia

Quando eu era pequena, o SBT era um dos meus canais favoritos. Tinha uma programação bem bacana para as crianças, mas também tinha muita coisa bizarra (e nossos pais deixavam a gente assistir, o que é mais bizarro ainda). O Fantasia era um desses casos e estreou em 1997 com quatro apresentadoras e várias dançarinas que faziam brincadeiras no ar. O mais legal de tudo é que os telespectadores ligavam e participavam dos jogos ao vivo. Eu AMAVA o Na Boca do Forno, em que você tinha que adivinhar em qual forno estava um bolo.

A primeira temporada durou até 1998, mas voltou logo depois com Carla Perez no comando (ela tinha acabado de sair do É O Tchan) e foi nessa época que ela protagonizou a pérola “I de Escola”. Houve ainda uma terceira temporada em 2000 e a quarta entre 2007 e 2008, nas madrugadas (nessa época, eu já estava na faculdade e foi MARAVILHOSO rever os quadros mais famosos).  

Fantasia

Disney Club

Nos anos 90, a TV por assinatura começava a surgir, mas não era tão comum. O que significa que a gente não tinha internet nem canal pago para ver desenhos. Foi por isso que o Disney Club, também do SBT, fez um enorme sucesso entre as crianças. O programa, na verdade, mostrava três crianças – entre elas, o Caju, que era o amor das meninas (inclusive o meu) – que se denominavam presidentes do CRUJ (Comitê Revolucionário Ultrajovem).

Eles eram responsáveis por exibir desenhos, como Timão e Pumba, A Turma do Pateta, A Pequena Sereia e Marsupilami. Era muito legal porque passava de segunda a sexta à noite, antes da primeira versão da novela Chiquititas, que também bombava. Então é impossível encontrar alguma criança que viveu nos anos 90 e que não saiba de onde vem a expressão “Cruj Cruj Cruj, tchau”. Experimente perguntar para o seu irmão mais velho, seu primo, seu tio…É um clássico!

Disney Club

Disk MTV

Ahhh que saudade da antiga MTV, gente! Como era legal! Pode até parecer difícil para quem nasceu na era pós-internet, mas houve um tempo em que a gente não tinha YouTube e precisávamos da MTV para ver os clipes das nossas bandas e cantores favoritos. O melhor programa dessa época era o Disk MTV, que passava de segunda a sexta, pontualmente às 18h, com a parada musical do dia. Você ligava para votar no clipe e os dez mais votados eram exibidos.

Essa hora era sagrada para mim. Naquela época, não tinha DVD, então eu deixava uma fita VHS no ponto para gravar meus clipes favoritos. Eu também marcava na agenda o dia e o horário das estreias dos clipes (principalmente dos Backstreet Boys) para não perder. O Disk começou junto com a estreia da MTV Brasil, em 1990, e ficou no ar até 2006.

Disk MTV

Lendas do Templo Perdido

Não me lembro exatamente quando comecei a ter TV paga em casa, mas sei que entre 1998 e 1999 eu era completamente viciada no canal Nickelodeon. Passava a tarde toda assistindo e adorava os desenhos, mas o horário das 13:30 era sagrado. Era quando passava Lendas do Templo Perdido, uma competição entre seis duplas em que apenas uma ganhava o direito de entrar em um templo e recuperar ruínas que valiam prêmios incríveis para a época, incluindo brinquedos e viagens.

Eu torcia para os Iguanas Laranjas e viciei minhas primas, passávamos nossas férias assistindo e torcendo feito doidas. Recentemente, revi alguns episódios no YouTube (tem vários!) com a minha irmã de dez anos e ela também ficou viciada. Foi realmente um marco na programação infantil dos anos 90 e a Nickelodeon produziu, no ano passado, um filme televisivo baseado no programa. Assisti o comecinho e parece bem legal.

Lendas do Templo Perdido

Topa Tudo Por Dinheiro e Domingo Legal

Para fechar a lista, trago mais dois programas bizarros do SBT. O Domingo Legal ainda passa nas manhãs de domingo, mas arrisco dizer que era o que eu mais gostava de assistir quando era criança. Tinha o famoso quadro da Prova da Banheira, em que os convidados entravam em uma banheira junto com uma modelo e precisam pegar sabonetes (sério, como deixavam a gente ver isso?). Também AMAVA o Gugu Na Minha Casa, em que o Gugu ia nas casas das pessoas e pedia para procurarem objetos nos cômodos. Eu tinha até o jogo de tabuleiro baseado nesse quadro.

Outro clássico da emissora é o Topa Tudo Por Dinheiro, que hoje virou o Programa Silvio Santos. Juro para vocês que eu pirava nas pegadinhas, eram bem mais legais dos que as feitas atualmente (tanto que algumas são reprisadas) e eu também amava as brincadeiras no palco. Minha maior realização nas férias era poder assistir o programa até o final, já que ele começava muito tarde e minha mãe não me deixava assistir para poder dormir cedo.

Topa Tudo Por Dinheiro

E você, lembra de algum programa que marcou sua infância?

Um beijo e até o próximo post!

Camilla(widget)

Acessem meu canal no YouTube ♥

book and movie: The Girl On The Train

Olá pessoal!!

Quem aí já ouviu falar do suspense A Garota no Trem? Recentemente eu li o livro e também assisti ao filme e hoje vim aqui compartilhar com vocês essa trama que vale muito, mais muito a pena ler ou assistir. 

Eu amo livros que passam aquele medo como ”será que foi ela quem matou mesmo”, essa sensação é muito gostosa e em filmes também. A Garota No Trem tem exatamente essa pegada, você vai amar. 

Imagem de Emily Blunt, the girl on the train, and thriller

*sinopse book*

Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio por galpões, caixas d’água, pontes, casebres e aconchegantes casas vitorianas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, “A garota no trem” é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

*sinopse movie*

Rachel (Emily Blunt), uma alcoólatra desempregada e deprimida, sofre pelo seu divórcio recente. Todas as manhãs ela viaja de trem de Ashbury a Londres, fantasiando sobre a vida de um jovem casal que vigia pela janela. Certo dia ela testemunha uma cena chocante e mais tarde descobre que a mulher está desaparecida. Inquieta, Rachel recorre a polícia e se vê completamente envolvida no mistério.

Imagem de actress, movie, and the girl on the train

Imagem de drama, film, and movie

*o que eu achei, filme e livro* 

Ambos tem um enredo muito bom que te prende do começo ao fim. O livro você consegue devorar em dias. Muito bem escrito, muito bem dirigido, é realmente um trama fantástica. Atores bons, mistérios e mais mistérios é um suspense ótimo. Amei, recomendo super!!! ♥

(fonte: Saraiva, Adoro Cinema)

E aí, gostaram? Deixem aqui nos comentários se vocês já leram ou viram o filme.

Até o próximo post! 🙂

final post blog

TAG: Séries

Olá pessoal!!

Quem aí também é apaixonado por séries? Por isso, eu vim aqui responder uma TAG super legal sobre o assunto. Vou falar sobre minhas séries favoritas, as que eu não gostei muito, personagens favoritos e os mais chatos, enfim, vamos nessa?

*perguntas*

IMG_9326

1- Qual é sua série favorita de todos os tempos?

Como sou libriano é muito difícil escolher apenas uma série, mas eu tenho uma lista com 5 das minha favoritas em ordem de amor, rs. ♥ Friends, Gossip Girl, Revenge, The Vampire Diaries e American Horror Story.

2- Qual é o seu personagem preferido de todos os tempos?

Serena van der Woodsen de Gossip Girl

3- Cite uma série que você viciou? 

Scream Queens, Friends, Gossip Girl e Pretty Little Liars. 

4- Cite um personagem que você tem algo em comum.

Rachel Green de Friends.

5- Cite uma série que todo mundo gostou (ou gosta) e você não.

The Big Bang Theory. 

6- Qual sua série favorita dos últimos tempos?

Tenho 2 que assisti recentemente e gostei muito que são 13 Reasons Why e The Walking Dead.

7- Cite um protagonista que você não gosta, mas curte a série.

Emma de Scream.

8- Você assiste (assistia) alguma série brasileira?

Podemos considerar Verdades Secretas como série, rs?

E aí, gostaram? Me contem aqui nos comentários quais são as séries favoritas de vocês! 🙂

Até o próximo post!

final post blog